Big Data: Uma quantidade tão grande de dados que é necessário alguém especializado em organizá-los, avaliá-los e transformá-los em algo que irá gerar valor.

Com clientes como a Rico Investimentos, Unimed, Bradesco, Paypal, Pagseguro e Tim, podemos ver que, quando se trata de atribuir valor, a BigDataCorp é um bom exemplo.

Mas é óbvio: A caminhada para ser a maior e melhor empresa de BigData não é fácil.

Só por ser uma empresa do ramo já existem grandes desafios, como garantir a legitimidade e qualidade das informações, a legalidade de bilhões de fontes, encontrar os aplicativos e as ferramentas certas, e por aí vai. Porém, não importa qual o ramo de negócio, o principal desafio sempre continua o mesmo: Atribuir o maior valor possível para seus clientes.

A especialidade da BigDataCorp sempre foi capturar dados não estruturados (conteúdo digital) e identificar oportunidades de negócio. Como eu gosto de dizer: “Data is the new oil“. Logo, assim que surgiu uma demanda de empresas buscando avaliar o seu impacto midiático, foi natural criarem um projeto para suprir essa demanda.

Mas era preciso ir além… Era preciso não só saber o que e quanto as pessoas estavam falando, mas também entender o significado por trás de cada comentário, as emoções escondidas dentro de cada frase. Se todas as empresas produzem conteúdo – cada uma a sua maneira – como era possível ultrapassar o status quo e entender o cenário completo, a “big picture”?

 

Para suprir essa demanda, seria necessário trabalhar com algo que nunca tinham utilizado antes, uma ferramenta que processa e avalia linguagem natural. É daí que surge um grande problema: Quando se está lidando com bilhões de fontes, pequenas margens podem causar um grande impacto negativo no processo de análise dos dados, resultando em ineficiência operacional e baixa qualidade.

 

Portanto, seria necessário uma ferramenta com excelente qualidade e precisão e que, quando integrada, não impactaria no tempo de resposta da aplicação final.

Então, como eles resolveram esse problema e criaram uma ferramenta diferenciada para análise de sentimentos?

No final, não importa quais sejam os incontáveis desafios, enquanto a BigDataCorp continuar com o foco em atribuir valor para seus parceiros e com o excelente profissionalismo, não existirá desafio insuperável.

Thoran! Obrigado pela grande força e feedback que têm nos dado e por dedicar seu tempo para ajudar nesse projeto. Um abraço!

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *